Meu cão não para de se coçar, se morder - o que fazer

Se o seu cão se coça muito e até se morde é sinal que algo não está bem. Os cães não se coçam nas patas ou perdem pelos por culpa de pulgas ou sarna, há outros motivos para que tenham esse comportamento sem que haja um parasita ou doença visível.

Este artigo vai lhe ajudar a conhecer as causas mais comuns pelas quais um cão se coça ou se morde sem que tenha algo visível incomodando ele. De qualquer maneira, para certificar-se do porquê desse comportamento, o melhor que pode fazer é fazer uma consulta com nossos veterinários online indicando raça, idade e sintomas que ele tem, os quais falaremos agora.

Meu CÃO COÇA muito a ORELHA e chora, o que eu posso fazer?

Se seu cão coça muito a orelha, sacode a cabeça e chora, você dever fazer algo. Neste vídeo nós contaremos as causas principais pelas quais ele coça as orelhas, porque ele a fricciona em objetos e porque tem dor, geme e grunhe.

Meu cão se coça muito e perde pelo

Ainda que a sarna, pulgas ou carrapatos sejam os primeiros que pensamos quando vemos nosso cão se coçando muito e perdendo pelo, o certo é que é mais comum estarmos diante de uma dermatite provocada por uma alergia. Há muitos criadores de animais que acreditam que as alergias em cães só acontecem na primavera, mas existem outras alergias além das estacionais.

As alergias também podem ser alimentares; sim, igual àquela que os humanos têm. Há que se ter muito cuidado com os alimentos que damos a nossos cães, e quando trocamos sua dieta. No Barkibu, sempre recomendamos que entre em contato com nossos veterinários online para saber qual é a melhor dieta para seu amigo, sobretudo se ele está passando por uma doença.

Meu cão causa feridas em si ao se coçar

Para evitar alergias que gerem problemas na pele e que levem o animal a se coçar, escolha sempre rações de primeira qualidade e combine-as com alimentos naturais. Para que a pele esteja em boas condições, terá que deixar água sempre disponível.

Para melhorar sua hidratação recomendamos que adicione um pouco de caldo/molho em sua ração e que ele coma receitas úmidas. Sempre que trocar algo em sua dieta, faça-o pouco a pouco e nunca de maneira brusca, assim saberá se algo causou uma alergia alimentar.

Meu cão tem caspa e se coça muito

Outro motivo pelo qual seu cão possa estar se coçando demais pode ser um excesso na quantidade de banhos. Muitos cuidadores novatos tendem a lavar seus cãezinhos com muita frequência e a fazer isso com sabões não específicos para a pele deles. Não se preocupe em banhar seu peludo todo o dia, ou acabará comprometendo-o, isso gerará coceira e ele passará o tempo todo se coçando.

O ideal é banhar seu cão uma vez por mês ou a cada duas semanas, mas nunca diariamente. De qualquer forma, tudo depende do tipo de pele dele, de como você o banha e até do seu ritmo de vida. Fique com essa referência para seus hábitos de higiene, mas, novamente, se quiser informações mais precisas para seu amigo, entre em contato com nossos veterinários.

Meu cão se coça muito devido à ansiedade e se morde.

Descartando a sarna, parasita, alergia ou excesso de banhos, outro motivo mais comum dessa coceira compulsiva é a ansiedade. Nossos veterinários têm visto casos de cães que deixaram a pele em carne viva ou que provocaram buracos no corpo devido às mordidas.

Por ansiedade ou estresse, um cão pode começar a cravar suas unhas em suas pernas para chamar a atenção ou como maneira de descarregar a energia que tem acumulada. Lembre-se que se o cão está nesse estado psicológico, você é o culpado, e não ele.

Um cão tem ansiedade porque entende que não estão dando atenção a ele, porque passa muito tempo sozinho, ou porque aconteceu algo em sua rotina diária que o deixou abalado. Pode tratar-se de uma mudança de casa, o nascimento de um filho ou a chegada de um novo peludo. Você deve alimentá-lo bem e procurar brincar come ele, certificando-se que receba todo seu carinho e que não passe tanto tempo sozinho, assim irá recuperar-se pouco a pouco da ansiedade.

Meu cão se coça muito e o pelo cai

Em resumo, a primeira coisa que tem que fazer é consultar com um veterinário e descartar sarna ou parasitas. Uma vez feito isso, examine se tem alergias estacionais ou alimentares. Se não for isto e acha que ele não tenha nada, essas mordidas, perda de pelo e os arranhões podem ser devido a motivos psicológicos. Consulte com nossos veterinários online para mais informações.