Como fazer com que meu cachorro pare de morder?

Uma das coisas que mais preocupa (e irrita) os proprietários é que o cachorro começa a morder tudo na casa: sapatos, pernas de mesas e cadeiras, travesseiros, roupas e até mesmo os membros da família. Isso é algo que é considerado normal em filhotes, mas deve ser corrigido para que isso não se torne um hábito irritante e perigoso.

Este artigo discutiremos as causas que podem estar por trás dos "filhotes mordedores" e quais são as diretrizes devem ser seguidas para evitar que isso se torne um hábito.

Por que o meu cachorro morde tudo?

As razões pelas quais um cachorro pode querer morder ou mastigar qualquer coisa ao seu alcance são várias:

1. Comportamento exploratório

Este é um comportamento adequado do cachorro. Quando eles ainda são novos, os filhotes são grandes exploradores, e uma das maneiras deles para conhecer o que está ao seu redor é usando a boca: mordiscando, prendendo com os dentes etc.

2. Desmame precoce

Muitos estudos têm mostrado que separar o cachorro cedo demais de sua mãe e irmãos causa uma maior predisposição a morder e também faz com que o cão o faça com maior intensidade. Você tem que lembrar que os filhotes aprendem a inibir as mordidas através de brincadeiras com seus companheiros de ninhada: quando ele morde muito forte, os gritos dos outros cachorros indicam a hora de parar. O mesmo se aplica se o cachorro morder sua mãe muito forte, seja brincando ou na hora de mamar. Assim, eles aprendem juntos a controlar a força da mordida, evitando que no futuro o cão morda de forma descontrolada e com muita força quando brinca com seus companheiros e com os humanos.

3. Saída dos dentes

Quando ele tem alguns meses, o cachorro começa a apresentar a dentição, que mais tarde vai ser trocada a partir dos 4 meses pela dentição permanente. Ambas as fases são um pouco dolorosas e desconfortáveis para o animal, o que faz com que ele senta o desejo de morder objetos, principalmente os mais macios.

4. Aprendizagem

Se desde pequenos ele se acostumar a brincar mordendo as mãos do dono, ele criará esse hábito baseado na forma com que ele brinca e interage com as pessoas. Isso fará com que à medida que ele cresça, sua brincadeira favorita seja morder as mãos ou os pés dos seus proprietários, ou de qualquer outra pessoa com quem ele brincar.

Como posso evitar que o meu cachorro morda de forma descontrolada?

Há uma série de orientações que devem ser seguidas para ajudar o cachorro a morder de forma controlada e, assim, impedi-lo de destruir as coisas na casa ou nos morder quando está brincando.

  • O ideal é adotar o cachorro em uma idade apropriada, que é entre 2 e 3 meses, nunca antes (dependendo se o criador ou cuidador puder ou não fazer uma boa socialização). Isso é mais do que suficiente para o filhote aprender com sua mãe e irmãos a linguagem corporal canina e a inibir a mordida.
  • Ao chegar em casa, devemos** ter vários brinquedos fofinhos para mastigar.** Se oferecemos objetos alternativos aos nossos sapatos, ao sofá, às pernas das mesas e cadeiras, isso pode redirecionar seu comportamento para aqueles brinquedos e reduzirá o dano à casa.
  • Evite brincar com as nossas mãos e os pés. Às vezes achamos muito engraçado ver como o cachorro segue nossas mãos e pés quando nós o incentivamos e ele começa a nos mordiscar. O problema é que os dentinhos do filhote são como pequenas agulhas que furam e cortam. Além disso, quando sua mandíbula crescer e tiver mais força, de forma que as mordidas de brincadeira podem causar lesões e ferimentos graves. Portanto,** recomenda-se não usar qualquer parte do nosso corpo como brinquedo desde o início**. Devemos ensinar o filhote de cachorro a brincar com bolas, anéis e outros brinquedos para cães.
  • Cada vez que o cachorro nos morde, podemos dar um pequeno grito. Isto será o suficiente para que o cachorro para mordendo (não tem problema se ele se assustar com os gritos). Quando ele parar de morder, reforce o comportamento com um prêmio ou ofereça um brinquedo que ele possa morder, como uma bola ou um mordedor de nylon ou de corda. Além disso, quando ele começar a morder você deve dizer "Não" num tom de voz firme, recompensando-o quando ele parar.
  • Para filhotes muito destrutivos, é bom** habituá-los desde pequenos à gaiola**. Quando você precisar deixá-lo sozinho, você pode deixá-lo em sua gaiola, sempre com água disponível e nunca por mais de 4 horas. Isso também é muito útil para evitar que ele faça xixi e cocô na casa enquanto aprende os bons hábitos.

Claro, isto** é um processo de aprendizagem** e, como sempre dizemos, leva tempo para que o cachorro aprenda a não mastigar objetos domésticos ou as mãos e pés dos proprietários. Portanto, seja paciente e não se desespere enquanto seu pequeno companheiro aprende a controlar o seu comportamento.

Borja Ros Villanueva, médico veterinário e etólogo na Adetcan.