Doença hepáticos em cães idosos - Diagnóstico, tratamento, e alimentação

Nossa equipe é composta por veterinários, etólogos e especialistas em saúde animal.

Cachorro com problema no figado ou em cães mais velhos são mais comuns do que podemos acreditar. Nesta fase de sua vida, tudo o que ele comeu, como viveu, sua resistência, e sua saúde são postas à prova. Se ele foi feliz e é um cão saudável, terá um corpo com uma maior resistência ao ataque de vírus que podem ferir suas vísceras, intoxicações, e outras doenças que afetam o seu fígado.

No que diz respeito aos problemas de fígado em cães mais velhos, a prevenção é a melhor política. O problema da doença hepática é que ela não causa dor. Pode manifestar-se depois de um tempo com icterícia, vômito, e desconforto. Ele perderá apetite e estará muito cansado, mas pode se confundido com um sintoma de velhice ou depressão leve.

Causas de inflamação de fígado em cães

O que conhecemos como hepatite é uma inflamação do fígado, normalmente causada por um vírus. O caminho da infecção é sempre semelhante: comer algo que contenha o vírus. Eles geralmente estão presentes nas fezes ou xixi de outros cães que tiveram ou têm hepatite. Agora você pode estar se perguntando: como é que os donos de cães com hepatite deixam as fezes deles na rua se podem infectar outros cães?

O problema é que este vírus pode estar crescendo e tomando conta do fígado do seu cão aos poucos, se manifestando de forma muito agressiva mais tarde. Muitas consultas que chegam até nós de cães que estão cansados, enfraquecidos, ou que não querem comer, acabam sendo um caso de hepatite. Também pode se apresentar com febre, por isso muitos PetLovers cometem a imprudência de dar antibióticos para humanos ou tentar curá-los com remédios caseiros.

A primeira opção acaba de terminar com o cão, porque o fígado serve para filtrar as toxinas e gerenciar esse tipo de produto no organismo. Se ele não funcionar, a situação piorará e afetará os rins. Se você recorrer a remédios caseiros, poderá diminuir a febre dele ou aliviar os sintomas, mas o vírus continuará a fazer das suas. Isto é: diante do primeiro sintoma, é melhor ir ao veterinário em vez de tentar qualquer coisa sozinho.

A hepatite em cães tem cura?

Sim, tem cura, mas precisa de uma ação rápida, muito cuidado, lutar contra os sintomas, muito descanso, e uma boa dieta sem gordura em casa. Muitos cães mais velhos acabam tendo uma doença hepática ou hepatite, porque seu sistema imunológico está baixo nessa idade. O veterinário vai lhe dar energia, mantê-lo estável, e mandá-lo para casa com reforço de vitaminas e uma dieta adequada.

Um cão com doença hepática não pode comer gordura; mas, por que não? Porque o órgão encarregado de limpar as gorduras do corpo é o fígado, isto é, é necessário facilitar a vida deste órgão para que não tenha que trabalhar em sobrecarga. Para fazer isso, é melhor escolher alimentos com baixo teor de gordura, sendo seu grande aliado uma dieta natural com baixo teor de gordura.

Dietas caseiras para cães com problemas hepáticos

Sempre, sempre, sempre, inicia uma dieta de alimentação hepática com o conselho de um veterinário. Você tem nossos veterinários e nutricionistas online, mas o especialista que trata seu amigo saberá como aconselhá-lo muito bem. Algo altamente recomendado, como você pode ver em muitos outros sites, são alimentos como peixe ou frango um pouco mais cozido do que para um ser humano e sem ossos ou gordura.

Pouco a pouco, com muito descanso, uma boa dieta, e as recomendações do seu médico, seu cão idoso se recuperará. Este é o tratamento, porque você não conseguirá atacar um vírus com medicação, apenas diagnosticar, controlar os sintomas, e ajudar seu cão a ter a força necessária para seguir em frente.

O SALMÃO é BOM PARA OS CÃES? Cachorro pode comer peixe?

Como fazer peixe para cachorro? Cães podem comer salmão? Ele cai bem em seus estômagos? É melhor um cão comer salmão cru ou ele deve ser cozido? E quanto ao salmão defumado? Neste vídeo, respondemos a todas essas perguntas.

Como regenerar o fígado de um cão

A boa notícia é que o fígado é um órgão que se regenera. Embora tenha sido muito danificado, quando você começa a cuidar dele, ele irá gradualmente se regenerar e retornar ao seu estado geral. Claro, há casos em que a recuperação vai demorar mais: quando o envenenamento ocorreu com um veneno muito agressivo, por exemplo. Além de pegar uma infecção de fígado por um vírus residente em um cocô de cachorro com hepatite, há alguns desumanos que deixam veneno na rua para que cães o comam e morram.

Resumindo: a melhor maneira de combater uma infecção do fígado é a prevenção. Não deixe-o lamber as coisas no chão ou comer as fezes de outros cães. Acrescente a isso uma boa dieta e um bom estado de saúde e você pode tanto evitar doenças do fígado como obter melhores resultados com o tratamento.